quarta-feira, 30 de julho de 2014

Não foi racismo, né?!

Semana passada comentei aqui a situação que vivi em minha escola nova.

Mesmo com minha colega insistindo que não foi racismo, hoje tive a prova final: Uma mãe tirou a criança da escola, por minha causa.
Se o problema fosse de fato o sofrimento da criança por conta de mais uma troca, por que mudar de colegas e escola, se não pelo gravíssimo problema em ter uma professora negra.

Sim, estou muito chateada.
Mas nem de longe isso vai me abalar.

Mas estejam certos que farei muito pior: ensinarei meus pequenos a respeitarem as diferenças e - pior - a gostarem da profe preta.

Não passarão!!

Por MARIA, L.P.

Por

Nenhum comentário:

Postar um comentário