terça-feira, 20 de maio de 2014

Bebida de homem, por favor!

Estávamos num bar, algumas amigas e eu.
Pedimos para degustar algumas cachacinhas, na primeira vez que lá estivemos, e as sugestões eram: ervas aromáticas, frutas, baunilha.
Uma das meninas diz:
- Tu não entendeu, não queremos bebida de mulherzinha, queremos cachaça.

Na segunda vez que fomos nesse mesmo bar, pedimos novamente o cardápio de cachaças.
- Nos traz uma cachaça de homem, por favor.

O garçom traz duas ou três boas sugestões, destiladas em boas madeiras. Eis que:
- Eu tenho essa aqui (mostra o cardápio). Mas essa é cachaça cachaça.
- Traz, vamos experimentar.
- Mas é cachaça cachaça!
- Pode trazer.
- É muito forte!
- Traz que a gente prova.

Eu provo e aprovo, passo para minha amiga que faz o mesmo.
- Pode servir, por favor.
- Noooossa! Eu vejo os homens todos fazendo careta pra essa cachacinha, e vocês nada! Respeitei, gurias.
- Eu te disse. Aqui ninguém veio ao mundo a passeio, meu bem.

O garçom nos olha com espanto, enche o copo e sai. Mais tarde volta e faz o mesmo.
- Uma cortesia gurias, vocês merecem.



Moral da história:
- Somos mulherzinhas e não bebemos?
- É feio beber?
- Vês na minha cara a resistência do meu fígado?
- Se é pedindo bebida de homem que alguns entendem, mostramos que as mulheres bebem o que querem, onde, quanto e como querem!

Obs: Copo sempre cheio, mesa rodeada de amigos!


Por MARIA, L.P.




Nenhum comentário:

Postar um comentário