quarta-feira, 19 de março de 2014

Toda diferença mexe com as pessoas. Sejam elas parecidas com todas as outras ou não.


Há alguns dias comecei em um emprego novo, em uma escola de educação especial. Tenho lecionado em uma turma de EJA, com adolescentes com necessidades educativas especiais. Na realidade, a vulnerabilidade social é o maior agravante dos problemas cognitivos e neurológicos daqueles indivíduos.

Essa semana fui dar aula, vestindo a minha camiseta "afirme-se", da campanha de cotas da UFRGS.



Um dos meus alunos tocou na arte da camiseta, onde há uma mulher negra de black power e comentou:

- Ela tem cabelo igual da profe Letícia.
- Igual, como? - pegunto.
- Alto, de molinha.
- E é bonito?
- É. Mas é diferente.
- Diferente como?
- Ah, diferente, nem todo mundo usa assim.
- E tu gosta?
- Gosto. É poderoso!

Toda diferença mexe com as pessoas. Sejam elas parecidas com todas as outras ou não.
E isso sim é uma experiência única!


Por MARIA,L.P.


Nenhum comentário:

Postar um comentário