quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Caim e o Anjo




“Tarde, disse Caim, Vale mais tarde do que nunca, respondeu o anjo com prosápia, como se tivesse acabado de enunciar uma verdade primeira, Enganas-te, nunca não é contrário de tarde, o contrário de tarde é demasiado tarde”, frase que fez o anjo resmungar “mais um racionalista” e continuar o seu discurso encomendado”.

Caim, de Saramago

Nenhum comentário:

Postar um comentário