domingo, 1 de abril de 2012

Efêmera

Domingo é um dia naturalmente efêmero.
Quando ouvi essa música pela primeira vez, vi no facebook de um amigo. Achei a música bonitinha.
Mas ela realmente tem significado.




Efêmera - Tulipa Ruiz

Vou ficar mais um pouquinho
Para ver se acontece alguma coisa nessa tarde de domingo
Congele o tempo preu ficar devagarinho
Com as coisas que eu gosto e que eu sei que são efêmeras
E que passam perecíveis
E acabam, se despedem, mas eu nunca me esqueço


Bom fim de domingo a todos.
 Lembrem do mestre Raul, cuidado com o ouro de tolo. Não fiquem sentados na poltrona no domingo, com a boca escancarada cheia de dentes, esperando a morte chegar...


Por MARIA, L.P.

Nenhum comentário:

Postar um comentário