domingo, 29 de abril de 2012

Sejamos livres. Seja lá o que isso queira dizer...

E tem outra coisa, vamos ficar sofrendo por um amor dividido, se podemos ser feliz com um amor multiplicado??

Sejamos livres. Para amar também.




(Pareço romântica falando de amor? Tenha certeza que não estou falando de romances.)


Por MARIA,L.P.

terça-feira, 24 de abril de 2012

Libertar!

Liberdade.
Só isso.


Não quero amarras, pessoas, relações, nada que faça com que eu me sinta presa e claustrofóbica.
Se eu me sentir sufocada, vou sair correndo sem avisar nem olhar para trás!
Posso não voar, mas não vou aceitar ninguém cortando minhas asas.


Afinal, que águia foi nasceu para viver em um galinheiro?

Por MARIA, L.P.

quarta-feira, 18 de abril de 2012

Senso comum


É preciso sair do senso comum.
Me impressiona e assusta a como alguns jovens são reacionários.  Compreendo que algumas pessoas que nascem no senso comum, reproduzam esse discurso, é natural. Mas ai cabe a um processo de tomada de consciência, e romper com o berço do senso comum.
Aprendemos na sociedade (na família) os preconceitos que temos que ter, os valores que precisamos manter e o futuro que temos que trilhar para ser alguém na vida.
Tudo, pura balela.
É preciso não apenas sair do senso comum. Mas fazer o senso comum sair de nós.

Por MARIA,L.P.

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Tempos, tempo, tempo...

"São tempos difíceis para os sonhadores..."



do filme O Fabuloso Destino de Amélie Poulain

domingo, 8 de abril de 2012

Feliz... o que mesmo??

Feliz Páscoa.

Na Páscoa judaica, comemoram a fuga do Egito, do povo de Israel. Foi depois que Deus jogou as sete pragas sobre o Egito. Moiséis, um profeta conduziu seu povo a liberdade.

Depois, com a passagem de Cristo pela terra, este mesmo povo, que libertado por Deus, crucificou um dos seus filhos como diversão. A Páscoa para os cristão, é a comemoração da ressureição de Jesus.

Ao longo do tempo, a páscoa assumiu uma série de características, fossem elas cristãs, judaicas e principalmente 'pagãs'.

Hoje comemoramos a vinda do coelhinho, que traz chocolates.

Mesmo que desconsiderassemos a cultura judaico-cristã (da qual nunca conseguimos nos desvenciliar), o mito da páscoa simboliza um momento de reconciliação, de passagem, de reflexão.

Reservei o fim de semana para ficar em casa, com meus pais. Encontramos algumas pessoas, e tivemos notícias de familiares e de circulos sociais dos quais não mais fazemos parte.
Ainda acho impressionante como o povo cristão, que passa o fim de semana em vigília, faz por gosto maltratar, semeia o sofrimento, magoa e usa as pessoas descaradamente. Vai a igreja, canta e reza. Posta no facebook que 'é de Jesus', que os ateus são pessoas horríveis, que os gays tem que morrer assim como as mulheres que lutam pelo direito ao aborto.
Como assim, Jesus Cristo??

Até onde meus estudos de cristologia me conduziram, Jesus Cristo foi um cara de amor. Ele viveu entre os pobres e os pecadores, não rejeitou as mulheres e nem os doentes. Viveu com pouco e ensinou sobre partilhar o pão. Amou seus irmãos e fez dos seus discipulos seus amigos e companheiros. Ensinou sobre humildade e sobre amar seus inimigos. Não resistiu ao seu condenado, pois sabia o que precisava ser feito.
E seus seguidores, fizeram o quê?
E os seguidores modernos, têm feito o quê?

Em http://www.facebook.com/WillyWonkaIronico
Para as pessoas que não acreditam em nada disso, meus escritos não vão fazer diferença alguma. E nem deveria.
Mas para quem se diz cristão, páscoa é um bom momento pra olhar para o que chamam de fé.

Por MARIA,L.P.

quinta-feira, 5 de abril de 2012

Mais um reality, as coisas só tendem a melhorar...

Perdendo alguns minutos de vida na frente da Tv, vi a propaganda de um novo reality show, um tal de Perdidos na Tribo.
Fudeo.

Agora é um campeão, um guerreiro um cara que consegue ficar uma semana em meio a uma tribo de 'bárbaros, ignorantes com costumes absurdamente estranhos'.

Ótimo, depois de mulheres ricas, agora é hora de explorar e violetar a cultura alheia.
A mídia se puxa de tal forma, que cada vez fica pior. Mas a pior parte, é que nada me surpreende.


Um salve para o BBB como cultura brasileira!
Você, que como eu, perdeu precisos minutos na frente da TV. Sorria, você é um idiota.


Por MARIA,L.P.

domingo, 1 de abril de 2012

Efêmera

Domingo é um dia naturalmente efêmero.
Quando ouvi essa música pela primeira vez, vi no facebook de um amigo. Achei a música bonitinha.
Mas ela realmente tem significado.




Efêmera - Tulipa Ruiz

Vou ficar mais um pouquinho
Para ver se acontece alguma coisa nessa tarde de domingo
Congele o tempo preu ficar devagarinho
Com as coisas que eu gosto e que eu sei que são efêmeras
E que passam perecíveis
E acabam, se despedem, mas eu nunca me esqueço


Bom fim de domingo a todos.
 Lembrem do mestre Raul, cuidado com o ouro de tolo. Não fiquem sentados na poltrona no domingo, com a boca escancarada cheia de dentes, esperando a morte chegar...


Por MARIA, L.P.