quinta-feira, 14 de abril de 2011

Homofobia, mais uma reflexão...

Assisti ontem no SBT, um programa jornalístico que pautava a homofobia.


Depois das cenas que vi, vejam bem, tive pesadelos a noite inteira! Homofobia é um tema que mexe muito comigo, assim como toda e qualquer forma de discriminação.

O programa este – que eu não disse o nome pq não me lembro, e também não faço questão – iniciou mostrando cenas de violência e morte de gays e travestis. Simplesmente absurdo, sem explicação.

Entrevistaram o Leão Lobo, que é uma pessoa famosa e que tem audiência, e que há muito declara publicamente sua homossexualidade, e defende os direitos GLBT. O trabalho dele na mídia, não me interessa em nada, mas não pude não me comover com o choque que ele teve ao ver garotos – que de declaravam ‘carecas’ – falarem. Um deles disse ‘eu não sou homofóbico, não tenho medo de gay. E não gosto de gay, é diferente’. Estes sujeitos, diziam que nada que vem de um gay presta, e ainda reforçavam que ‘Deus fez o homem e a mulher, Deus não fez o gay’, que os gays acabam com todos os valores ‘de família, de Deus, de sociedade’. Pode?

Quem é o sujeito que diz que o outro tem que morrer para o mundo ficar em paz. Que valores são estes?

Um desses rapazes, disse que não corre o menor risco de ter um filho gay, por que este terá uma boa educação – lembrei do nazi do Bolsonaro – mas, desde quando a sexualidade é uma questão de educação?? Mesmo que fosse (vamos assim supor) que educação um sujeito que diz que todos os gays do mundo precisam morrer, pode dar para uma criança. Nem um rato esse sujeito seria capaz de influenciar decentemente.



Quando falo em decência me refiro a gente de bem. Gente descente não é quem mantém a castidade para casar, ou que preza ser hetero, que casa na igreja, tem um bom emprego e uma família ‘normal’. Gente decente pra mim é quem luta para viver com dignidade, que briga pela sua felicidade, que luta por justiça e igualdade, que acredita no respeito, que ama o outro. Não aceito piadinhas sobre indecência, pois pra mim decência não tem relação com a sexualidade ou com a vida sexual de alguém. Decência tem a ver com a vida que se leva, com a seriedade que se olha para as coisas.



Me senti na obrigação de escrever sobre o programa que assisti ontem, porque ele mexeu muito comigo e porque sei que isso mexe com muita gente. Penso que precisamos construir relações mais descentes, mas, sobretudo precisamos ser mais coerentes e mais justos.



Estou cansada de ver a desigualdade, a violência e a hipocrisia e não fazer nada.
Deixo aqui a minha breve reflexão sobre o tema. Homofobia, mais uma reflexão...

Amar e mudar as coisas, me interessa mais!



Por MARIA, L.P.

Nenhum comentário:

Postar um comentário