quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Um dia de sol

O que eu gosto mesmo é de dias de sol.
Dias iluminados. Com ou sem vento, calor ou frio, importa o sol.
O sol aquece os nossos corpos e ilumina a nossa alma.
A melhor hora do meu dia é quando me sento no sol. Sentar na grama, a beira do lago, no sol. Só pra ficar ali, lagarteando, pensando na vida, pensando nas coisas, pensando nos pensamentos, pensando no mundo.
Dias chuvosos me deixam triste. Talvez pelos traumas que as chuvas me trouxeram outrora, mas o sol traz a sensação de que o passado, as coisas tristes e pesadas, são levadas com o vento, e se evaporam com o sol.
Felizes os que podem sentar ao sol.
Mais felizes são os que percebem que ele brilha. Mesmo quando não estamos vendo.


Por MARIA, L.P.

Nenhum comentário:

Postar um comentário