quinta-feira, 13 de maio de 2010

Sou uma sonhadora nata...


"Tem dias que a gente se sente como quem partiu o morreu
A gente estancou de repente, ou foi o mundo então que cresceu.
A gente quer ter voz ativa, no nosso destino mandar
Mas eis que chega a roda vida e carrega o destino pra lá!"

(Roda Viva - Chico Buarque)


As vezes penso que sou uma sonhadora nata.

Nasci para sonhar.

E é isso o que me mata tantas vezes, pois vivo a sonhar, planejar, imaginar como seria, mas quando chega na hora, me bate um desespero muito grande, pois enfrentar o mundo real é diferente. Planejo muito, mas quando chega a hora "h", me bate o desespero, pois sei o quendo tenho a dar, e sobretudo o tanto que esperam de mim, e o mundo não pára para que eu possa colocar tudo em seu devido lugar.
A "Roda viva" chega e carrega tudo o que vê pela frente. Assim é a vida, a gente quer fazer as coisas, mas o cotidiano, a rotina e tudo mais que nos influencia diariamente, não nos permite florecer, como gostariamos.

É ruim, dói, cansa. Muito! Mas precisamos passar por isso.
A questão é comolidar com isso tudo. Mas como uma amiga me disse ontem, precisamos aprender, ir a diante e não esquecer quem realmente somos. Ai por diante, já nem sei.


É outro capítulo.


Por MARIA, L.P.

Um comentário: